Parabéns ao poeta,
venha comemorar com a gente!

Avatar Erika Enne

Publicado em: 29/12/2018

84 Visualização 3 Curtidas

84 Visualização

No dia 4 de janeiro, a Prefeitura preparou uma programação especial para comemorar o aniversário do poeta Casimiro de Abreu. A partir das 20h, a praça As Primaveras, em Barra de São João, recebe o cantor Fernando Otz. Em seguida, um Tributo a Tim Maia vai animar o público. Além de celebrar a data, o evento também marca o início das comemorações pelos 400 anos de Barra de São João, que teve sua origem em 1619 com a construção da Capela de São João Batista.

O Poeta – Casimiro de Abreu foi um dos principais poetas brasileiros da segunda geração do Romantismo, autor das obras “Meus Oito Anos” e “Canção do Exílio”, uns dos poemas mais populares da literatura brasileira. Ele nasceu em Barra de São João, no dia 4 de janeiro de 1839, no imóvel localizado à margem do rio São João, onde hoje funciona o Museu Casa de Casimiro de Abreu.

Teve uma vida breve, vindo a falecer aos 21 anos, vítima de tuberculose. Publicou apenas um livro, As Primaveras, mas que o tornou imortal na literatura brasileira. Casimiro é patrono da cadeira nº. 6 da Academia Brasileira de Letras. Acesse o site http://poeta.casimirodeabreu.rj.gov.br/ e conheça um pouco mais sobre o poeta. Lá é possível ouvir os seus poemas e baixar seu livro.

O Museu – A casa, onde o poeta passou parte de sua infância, hoje é um museu dedicado à sua memória. O acervo conta com peças de mobília originais e edições raras do livro As Primaveras. O imóvel, localizado na Praça As Primaveras, em Barra de São João, era a residência da família e local de trabalho de seu pai, grande comerciante da época.

A casa de um pavimento, construção do período colonial, tem um salão e quatro salas laterais, um delas com um exposição permanente sobre Casimiro. No quintal, às margens do rio São João, há duas estátuas de Casimiro. Uma do jovem poeta, sentado à beira do rio, com o olhar ao horizonte. A outra dele, aos oito anos de idade, sintetizando a imagem de seu mais famoso poema, Meus Oito Anos.

400 anos – A primeira ocupação do município de Casimiro de Abreu foi em 1619, quando padres jesuítas, acompanhados de colonos vindos da Sesmaria de Campos Novos, que havia sido instalada três anos antes entre os rios São Pedro e Peruíbe (atual Rio São João), fundaram o Arraial de Barra de São João, erguendo uma capela em homenagem a São João Batista num pequeno morro rochoso a 4 metros do nível do mar, na foz do rio São João. Em 1846, quando o distrito de Barra de São João foi elevado à categoria de vila, a Capela de São João foi ampliada, ganhando características típicas do período colonial, com cunhais, pilastras e frontão. Nos fundos da Capela encontra-se o cemitério onde estão enterrados o poeta Casimiro de Abreu e seu pai, o comerciante José Joaquim Marques de Abreu.

Acesse o site da Prefeitura e conheça mais sobre a história do município. http://www.casimirodeabreu.rj.gov.br/home/historia/.


84 Visualização

  • Copyright © 2017-2020 Prefeitura de Casimiro de Abreu. Todos os direitos reservados.
  • Contato
  • Prefeitura